Blog Gravidez

23 Semanas de Terceirinho {beda#8}

A gravidez do Erik foi de todas a mais especial.

Primeiro filho, primeiras vezes, uma mistura de animação com ansiedade sem tamanho. Sempre quis voltar no tempo e sentir aquilo tudo de novo. Durante anos tive a mais plena certeza que jamais amaria outra pessoa do mesmo jeito que amei aquele bebê assim que o peguei no colo.

Agora especial mesmo foi a da Elena.

Tão desejada, tão esperada…. tão mais calma que a primeira. Aquela gravidez que veio para encher minha barriga e meu coração depois da perda de dois bebês e para provar que a gente consegue sim amar mais, amar igual, amar diferente, amar tanto quanto o primeirinho. A ansiedade deu lugar à uma espera feliz e não saber se teríamos um menino ou menina nos trouxe uma expectativa tão grande quanto a do primeiro filho.

Como, depois de tudo isso, acreditar que eu ainda cairia de amores pela minha nova gravidez? Aquela do susto, do não esperado, do “e agora?”.

Não escolhemos engravidar (e talvez por isso eu insista em usar o termo “indesejada” para me referir a essa gravidez, sem papas na lingua mesmo, apesar de algumas pessoas terem me criticado) mas não interromper a gestação foi, SIM, uma escolha nossa. Uma escolha que eu tenho certeza foi a mais acertada.

E não é que a gravidez que começou cheia de medos e incertezas tem aos poucos se transformado no momento mais especial da minha vida? Essa pode não ser a primeira, a mais esperada, mas é de longe a mais tranquila, a mais cheia de paz, a que eu mais tenho aproveitado.

A cada vez que esse bebê se mexe aqui dentro ele me cutuca com a certeza de que ele vai ser tão amado quanto os dois que esperam por ele aqui fora.

Prova viva de que nem sempre o planejado é o melhor.

N.

8 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
August 9, 2016
Next Post
August 9, 2016

8 Comments

  • Paula

    nem sempre tenho tido tempo de comentar, mas sempre, sempre leio e fica aquele gostinho de quero mais.
    realmente te vejo mais leve dessa vez. fico feliz.
    bjo

  • Mariana

    As surpresas da vida, são as melhores!
    Que terceirinho/a já é uma alegria na sua família, isso é bem perceptível!
    Parabéns! Que o “bebê de paz” venha cheio de saúde.

  • Lorna

    Que lindo, Nivea. Lendo esse texto fiquei até com esperança de ter outro…quem sabe não tomo coragem,né, ou recebo essa surpresa da vida. Que o(a) terceirinho(a) venha com muita saúde, porque amado(a) ele(a) já é.

  • Marie

    Fiquei simplesmente em êxtase quando vc revelou.
    Quando vc relatava sobre os dias na clinica eu não conseguia ler pois estava muito ruim tudo dentro de mim e ao meu arredor.
    Deixei para ler quando me senti mais forte e livre de tantos stress. (Estava em cartaz em uma peça de teatro e angustiada com a pressão por dentro!), aí, quando vim aqui e fui lendo o relato tive frio na barriga com medo de ler que vc havia interrompido. Aí, chorei de alegria quando li que não.
    Interromper acho tão desumano e não diferente de anular uma pessoa já nascida. Mas pronto, toda sorte de benção ao baby 3, feliz de mais com sua paz e com seu baby friedon!
    Faz um álbum de gravida mesmo que seja caseiro pra nós mostrar uns flashs!
    Louquinha pRa ler o RP é saber o nono nome.
    Emilio, Emília, Elen, Eva, Eugen, Eitor, Edgar, Elise, Eleonor(nora!), Eiden, Eli, Elias, Eunice, bom, esse é o nome de minha avô! Rsrsrsrs amo seu blog. Faz vlog, migra para o YouTube!

    • Nivea Sorensen

      Obrigada, Marie. Eu sou péssima com vídeos, mas quem sabe um dia, ne? x

Leave a Reply

Related Posts