Meu babóg Pretensões e Desabafos Vida na Irlanda

Meu bestseller

Essa semana eu finalmente vivenciei aquela máxima do papo chatíssimo maternal de que a gente aprende com a maternidade. Aprendi várias coisas, tudo numa única tarde, vê só:

1. Você nunca deve tirar os olhos de um bebê endiabrado que engatinha e se locomove ao estilo the flash. Nem por um minuto enquanto ele brinca no chão da sala e você, sentada no sofá na frente dele, lê a globo.com as notícias sobre a economia mundial. Ele pode comer alguma coisa que você desconhece.

2. Você deve tomar cuidado com a lareira, mesmo quando ela nunca é utilizada. Ela oferece riscos que você desconhece.

3. Você não deve gritar histericamente com o bebê quando percebe que ele está fazendo coisa errada. Os gritos só assustam a criança que começa a chorar deixando a mãe ainda mais aflita (e histérica)

4. O serviço de bombeiros, ambulância e polícia (999 aqui na Irlanda) não pode te oferecer nenhum conselho médico. Eles podem no máximo encaminhar à sua casa os bombeiros, uma ambulância ou a polícia.

5. Nem sempre ligar para o seu médico é a melhor opção. Ele pode te mandar desnecessariamente ao pronto-socorro do hospital infantil.

6. E last, but not least: carvão não é tóxico.

Tudinho aprendido na prática, viu?

Resumindo: se seu filho comer carvão, não precisar correr para o pronto-socorro mais próximo. Basta lavar a boca dele com água e torcer para não dar dor de barriga.

Se eu soubesse disso antes não teria tirado o marido de uma reunião com um cliente importante, não teria gasto €100 de consulta, nem feito papel de boba mãe de primeira viagem na frente da médica pediatra.

Com todo esse conhecimento de vida que eu tenho agora estou considerando seriamente escrever um livro: “O que esperar quando você tem em casa um bebê com fogo na fralda”.

Aguardem os próximos capítulos.

N.

38 Comments

38 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
January 27, 2012
Next Post
January 27, 2012

38 Comments

  • Celi

    Nivea,
    Fala sério… rs rs rs Só você! Acho mesmo que tem que escrever um livro. Agora volta para contar outros capítulos, ok?
    É uma descoberta sem fim. Não é mesmo? Uma caixinha de surpresas…
    Beijos e bom final de semana.

  • Ingrid Gomes

    HAHAHAHA desculpa, mas eu ri só de imaginar E. todo sujo de carvão que nem aqueles menininhos de rua de filme antigo haha.
    Que bom que apesar do susto deu tudo certo, essas coisas acontecem!

    Beijocas

    PS: Aqui na zoropa tem sim um tipo de carvão pra lareira que é tóxico, vem inclusive escrito na embalagem que não pode ser usado em churrasco por exemplo, agora não me pergunte como funciona pra fumaça não ser tóxica porque isso eu AINDA não entendi, assim sendo, talvez tenha até sido bom ter levado ao pediatra. =)

    • Nivea Sorensen

      hahaha… Ingrid, assim você acaba com a minha credibilidade! Enfim, o carvão da MINHA lareira não é tóxico. Beijos.

  • Ana Maria

    kkkkkkkkk! Vou ficar esperando o livro. Bjos

  • Ernani

    Hahuahuahuahuhua. Ainda bem que virou um causo engraçado! Mas deu pra imaginar o desespero. Cuidado pro E não comer as páginas do livro depois de publicado… 😉 bjs

  • Karen

    Aff! Cada susto, hein? Mas acho que também teria optado por levar o bebê ao pediatra se tivesse percebido que ele comeu carvão 🙂
    Foi muito?

    Beijo,
    Karen
    http://multiplicado-por-dois.blogspot.com/

    • Nivea Sorensen

      Não sei se foi muito, Karen. Acredito que não porque ele nem teve muito tempo.
      Um beijo.

  • Dani Cassar

    Depois do susto a gente sempre ri, mas acho que esse bebe fogo na fralda e fogo no cabelo…se prepare que eh so o comeco…rsrsrs
    Bjs

  • Daphne

    Oi Nivea, hahahaha, adorei viu, sò rindo mesmo! Hj de manha fui maltratada ao telefone pelo pediatra do meu filho…veja sò, telefonei dizendo q talvez até domingo nao teria antibiòtico suficiente no vidro para continuar o tratamento de 10 dias recomendado no pronto socorro, visto q ele estava ausente essa semana esperei meu filho vomitar sangue pra sair de casa….enfim…escuto ele falar q o remedio teria q dar até semana q vem e se nao desse a culpa era minha e eu q tinha dado dose errada, a mais!!
    Dai-me paciencia! Eu expliquei q o proprio farmaceutico me aconselhou a retirar outro pedido com o pediatra pois nao teria remedio suficiente para os dias de tratamento…mas isso o pediatra nao escutou pois praticamente ,apòs falar com mta raiva para eu passar no consultorio até as 11h para retirar a receita…ele desligou na minha cara.
    Mas eu nao vou descer do tamanco ,simplesmente troco pediatra.E ,claro, nao fui e nao irei buscar a receita.
    Aprendendo…sempre aprendendo….
    bjokas!

    • Nivea Sorensen

      Daphne, cada uma, hein?
      Pé na bunda desse pediatra, que grosseria.
      Um beijo

  • ka smith

    Da proxima vez liga para amiga experiente, juro que te cobro mais barato e podemos acertar o pagamento em bolos ou cupcakes dependendo da gravidade da situação 😀

  • miriam

    AHAHAHAH Valeu viu =D
    Comer carvao nao faz mal no bebe…nao esquecerei ksksksk
    Beijo

  • Cris

    HAHAHAHAHAHAHAHAHA… eu vou ler este livro COM CERTEZA!!!
    Vale dizer que eu sempre falei “Vai piorar quando ele começar a locomover sozinho”??
    “Ser mãe é enlouquecer no paraíso”… você deve tá percebendo isso agora que E. descobriu que é independente de você e pode aprontar sozinho!!! hehehe

    Agora essa do carvão e não sabia… e se acontece aqui em casa provavelmente eu sairia enlouquecida também!!!

    BJOUXXX nos 3.

  • Kenia Doro

    Adorei o post!! ri demais!!
    e já anotei as dicas no meu caderninho!!
    bjs!!

  • Cecília

    Adorei, Nivea! Nada como testar tudo na prática. Esse sim seria um bom livro, bem diferente daqueles onde tudo flui perfeitamente. Boa dica do carvão!

    Beijos,
    Cecília

  • Cintia

    Oh devia ter tirado uma fotinha 🙂 Mas eh isso mesmo, eu sou do mesmo jeito. Participo do livro, se vc quiser 🙂

  • Thaísy

    hahahaha!!!!

    Eu digo aqui em casa que eles têm formiga na cueca… não é possível que alguém de pouco mais de 1/2 metro faça tantas peripécias… Concorda?
    rsrsrsrs!

    Um beijo!

  • Aline Patrícia

    EU COM CERTEZA PRECISO COMPRAR SEU LIVRO RSRS, VAI SER UM BESTSELLER COM CERTEZA… VC TAMBÉM TEM UM FOGUETINHO EM CASA RSRS ELES SÃO IMPREVISÍVEIS.

  • Fernanda Lima

    nossa, eu total ficaria apavorada, talvez corresse pro hospital antes mesmo de ligar para o médico.
    um filhote de viking, né. só poderia ser um furacãozinho mesmo. hahaha

  • Fernando

    Nívea eu ri pois lembrei de uma história que minha mãe conta, quando eu era acho que pouco maior que o Erik eu enguli uma moeda, sim uma moeda, acho que eu tinha fogo na fralda também, hahaha, minha mãe como era inexperiente como vc, primeiro filho, coisa e tal, adivinha me levou pro hospital também, chega lá ela desesperada, aguardando a consulta com o médico, ela conta toda a história e ele fala, não precisa se preocupar, só confira o coco pra ter certeza que a moeda vai sair, caso não saia, volte pra tirarmos uma radiografia, a moeda saiu como minha mãe conta, apavorou e aprendeu na pratica como você, espero que ele nao te de mais sustos, abraço.

    • Nivea Sorensen

      Fernando,
      A dica da moeda vai para o meu livro. haha. Obrigada por dividir a estória.
      beijos

  • Satya

    hahaha adorei o titulo do livro.. Bj

    • Nivea Sorensen

      Será que já tem outro com o mesmo nome, Satya. Acho que vou registrar o nome. haha
      Beijos

  • Ananda Etges

    Fase enlouquecedora, né? Boa, mas cansativa demais!

    Beijos, Ananda.

Leave a Reply

Related Posts