depressão Pretensões e Desabafos

O lobo dentro de casa*

Eu sou uma bagunça.

Extremamente organizada, mas por dentro uma bagunça sem fim.

Não meço sentimentos. Tudo é grande, ou inexistente. Eu não amo pouco, eu não acho nada mais ou menos. Nunca estou “bem”. Posso estar radiante, pulando e dançando pela casa, ou estar ouvindo Radiohead e me acabando de chorar. Vivo sempre esperando uma gota para transbordar, como eu tão bem descrevi aqui.

Além disso eu quero fazer tudo ao mesmo tempo. Mil coisas. Tento desesperadamente ler três  livros por vez, compro todas as revistas da banca de jornais e corro contra o tempo para terminá-las antes do mês. Quero ler e cozinhar, assistir um filme e fazer as unhas. E eu quero tudo do meu jeito. Tudo de imediato. Tudo planejado.

E eu sou assim. Desde sempre. E funciono assim, acredite. Acontece que para funcionar eu PRECISO que todo o resto, tudo ao meu redor, esteja limpo e, principalmente, organizado. Eu não escrevo se a casa não estiver limpa. Eu não leio se tiver louça suja na pia. Eu não começo meu dia sem que tenha tomado banho, lavado e secado o cabelo. Eu não relaxo enquanto todos os items “a fazer” da minha lista diária não tiverem sido ticados.

Eu não funciono sem agenda, sem calendário, sem planejamento, sem post-it. Sem isso, claro, eu não conseguiria terminar nada do que começo.

Eu não saio da cama numa segunda-feira sem ter o cardápio inteiro da semana já escrito no quadro branco pregado na parede da minha cozinha, e sem todos os ingredientes que eu vou precisar comprados. Eu não saio para o mercado sem uma lista do que eu preciso.

Eu não vivo de improviso.

Ordem. Eu preciso de ordem, e de controle.

Agora, nesse momento da minha vida eu não tenho nada disso. Ainda estou longe de casa, minhas roupas estão constantemente em malas, não posso fazer o cardápio da semana sem ao menos saber onde vamos estar nos próximos dias. Estou constantemente preocupada se E. tem tudo o que pode precisar nas malas dele, se I. tem roupa limpa para ir ao trabalho. Se vamos ter dinheiro para arcar com todas as despesas extras que surgiram desde a enchente.

Não consigo mais dormir.

Perdi a rotina, perdi o que mantém a mínima sanidade mental que eu preciso para viver.

Escrevendo assim parece pouco. Podia ser pior, claro que podia, e eu sei disso. Mas se você parar para pensar tudo sempre pode ser pior.

Esse é o MEU pior.

O resultado? Como eu disse, não funciono.

N.

* para ler o que eu escrevi quando o lobo ainda estava na porta, clique aqui.

12 Comments

38 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
November 12, 2011
Next Post
November 12, 2011

12 Comments

  • Karen Kidd

    Putz, eh phoda mesmo Nivea, mas vai melhorar tenha feh que no final da tudo certo e vc vai estar rindo de tudo isso. Alem do mais vc tem familia e um monte de amigos para contar com ajuda e apoio. E todo mundo esta bem, apesar da bagunca toda! As vees sair da rotina pode hipoteticamente te acrescentar algo !!!
    Desejo o melhor pra vcs sempre ! bjus

  • Aninha

    Essa semana minha frase no msn era: ” foi a gota que faltava para o copo transbordar”.
    A ordem que você precisa na sua rotina eu preciso no meu trabalho. E há tempos eu não tenho mais isso, fora que tenho convivido com o risco de a empresa onde trabalho fechar, além, claro, de ser desvalorizada. Tenho tanto medo quanto você, de não aguentar a pressão…E nenhuma de nós pode deixar que isso ocorra.
    Só espero que essa situação se resolva o mais rápido possível. Aqui e, principalmente, aí. Porque estou contando os dias pra dezembro e quero que seja especial pra todos nós, tem tudo pra ser, e não quero que nada atrapalhe =/
    Mesmo de longe, pode contar com a gente, pro que vc precisar!

  • DanyCassar

    Por mais que a gente tente faar coisas boas, eu imagino como deve estar sendo, tbm estamos assim aqui em Londres, metade das minhas coisas estao em Malta e estamos num studio minusculo pq ainda nao conseguimos abrir a conta pq uma bendita carta nao chegou, ou seja, nao e metade do que vc esta passando, mas ainda sim e dificil nao conseguir ter planos, ter casa com cara de casa, tem dias que eu fico louca, mas ter paciencia tem me deixado sa 😉
    Espero que tudo melhore ai p/ vcs!!!
    Bjs

  • Glenda

    Quem sabe não é um bom motivo para aprender a mudar de hábitos! Já dizia alguém que agora não me vem o nome, que os analfabetos do séc. XXI não serão aqueles que não sabem ler, mas os incapazes de aprender, desaprender e voltar a aprender… quem sabe é uma maneira de desaprender e reaprender a vida de uma forma menos rotineira e dura consigo mesma. E já que hj acordei inspirada em frases, lembrei de uma música do Paulinho Moska que diz: “então me diz qual é a graça de já saber o fim da estrada quando se parte rumo ao nada?”…
    Agora, que é foda ter as coisas sem um mínimo de ordem, isso é! Espero que tudo se organize logo, enquanto isso, encare o tempo como umas férias forçadas do seu apê! No inicio desse ano passei pela mesma situação (parecida, meu edificio pegou fogo) e tive que ficar 3 semanas num apartamento de turistas. Foi um saco, mas aproveitei para conhecer melhor outro bairro e mudar um pouco os ares. Um beijo e boa sorte, daqui a pouco tudo volta ao normal!

  • Cris

    Poxa flor… estou triste por vcs ainda não terem conseguido restabelecer suas vidas em sua casa… Sei bem como é estar sufocada com as coisas caindo na nossa cabeça… e concordo plenamente com você… qdo as coisas começam a dar errado, msm que pros outros não pareçam tão ruins pra gente não dá pra ficar pior do que já tá!!!
    Sei que é difícil (e como sei), mas tente se acalmar pq mais dia, menos dia as coisas se ajeitam, talvez não como já foram um dia mas pelo menos chegaram perto!!!
    Eu por exemplo fiquei sabendo na sexta-feira que passarei pela faca de novo por “descaso” do médico que me operou do refluxo, chorei horrores, fiquei revoltada, chamei o médico até de santo pra não dizer aqui o que realmente falei, bati nas portas, nas paredes… e isso até me ajudou a desabafar mas não vai impedir que eu passe por tudo de novo… e sabe oq me acalmou?? O sorriso do Biel e pensei que se tenho que passar por tudo isso pra sobreviver e cuidar dele… então vamos lá mesmos que seja nos “trancos e barrancos”…
    As vezes gostaria de poder acordar e ver que foi só um PÉSSIMO sonho e seria MARAVILHOSO se isso pudesse acontecer com vcs aí…
    Espero que ao virem pra cá tragam ótimas noticias e que já estejam com condições melhores viu!!! É como a Aninha disse… a viagem de vcs é pra trazer alegrias… principalmente pra tia que deve tá LOUCA pra ver o neto fofo e lindo dela de perto!!!

    Desabafe mesmo pq guardar só nos prejudica (e olha que nisso tenho experiência)!!!

    BJOUXXX e MUITA força pra vcs ok!!!

  • peripatética

    Poxa, que chato, conheço algumas pessoas que passam/passaram por isso e sei que não é nada fácil… e pelo que vejo não há nada que os outros possam fazer…

    No entanto, eu sou um pouco control freak também e me estresso muito quando as coisas não são do jeito que eu quero ou pensei que iriam ser e etc… Sabe o que tem adiantado para mim? Meditação. Sem querer colocar um papo hippie nem nada, mas te ajuda a acalmar a mente e perceber o tanto de projeções que colocamos nas coisas, comecei a reparar que estava tudo na minha cabeça.

    Só um conselho… Melhoras! =)

Leave a Reply

Related Posts