Pretensões e Desabafos

Eu não resisto

Baixa resistência imunológica durante a gravidez é a coisa mais nornal do mundo. Eu, por exemplo, tive mais gripes e resfriados durante a gravidez do que durante todo o resto da vida. Se eu não me engano li em algum lugar que isso acontece para que o corpo da mulher não veja o feto/bebê como uma ameaça, evitando abortos espontâneos.

Agora eu queria saber mesmo é como avisar meu cérebro, que deve ter sido afetado pelo meu cansaço físico pós-parto, de que eu não estou mais grávida!! Eu tenho um recém-nascido para cuidar. Um ser que precisa ser alimentado a cada uma hora e meia durante à noite. A noite toda. Eu preciso estar bem fisicamente porque vamos combinar, a tarefa é árdua por si só.

Evitei escrever sobre isso até agora, mas depois do meu último fim-de-semana preciso desabafar. Isso porque cheguei a conclusão que estou pagando os pecados meus e alheios, e se eles forem seus, peço por gentileza me reembolsar.

Parece até crueldade, mas desde que eu cheguei do hospital com E. tudo me acontece. Primeiro foram os pontos, mas até aí normal. Eles estão lá, incomodam e dói mesmo. Normal. Normal se junto com o incômodo causado pelos pontos eu não tivesse tido outros dois problemas diferentes ainda menos glamorosos e muito mais doloridos e incovenientes que demoraram por volta de duas semanas para começar a melhorar, e que por sinal, ainda persistem numa escala bem menor.

Para emendar uma coisa na outra, na quinta-feira comecei a sentir dores no seio esquerdo que ficou pelos menos dois tamanhos maior do que o direito. E já na sexta de manhã as dores se tornaram insuportáveis e foram acompanhadas por febre e mal-estar. Dor de dente? Dor de parto? Fichinha. Cheguei no hospital em piores condições do que quando pari. Sem exageros. Quando esperava para ser atendida ouvi uma enfermeira cochichar com a outra para que se apressasse porque eu parecia estar com muita dor. Estava.

Saí de lá com um diagnóstico de infecção, antibióticos e analgégicos só vendidos aqui na Irlanda com receita médica. I. foi obrigado a não ir ao trabalho e me ajudar com E., dia e noite. Sexta-feira de cão. Pelo menos até o seio direito começar a doer também, porque aí o cão começou a chupar manga.

Cadê a tal da mastite no folheto lindo da propaganda pró aleitamento materno, hein minha gente?

No sábado, ainda com dores nos seios notei que os pontos que tomei na episiotomia sangravam. Isso depois de mais de 3 semanas do parto, depois de não haver sinal da existência deles. Ignorei, na esperança de que melhorassem por si mesmos. Como no domingo o problema continuou, liguei no hospital na esperança dessa vez de que me dissessem que tudo bem, que era para ser assim mesmo. Não era. Já deviam estar completamente cicatrizados e ouvi que deveria mesmo era ir ao hospital.

Sério? Domingo? Hospital de novo?

Enfim, saí de lá com outro diagnóstico de possível infecção (ainda a ser confirmada) e consulta marcada para voltar amanhã para uma cauterização, uma vez que a o tecido não está cicatrizando bem.  Só a idéia já da tal da cauterização já me dá calafrios.

E se tudo isso não bastasse, ainda no domingo começo a apresentar sinais de gripe, que veio com tudo ainda antes do final do dia. Presente de dia das mães, que eu obviamente trouxe comigo do hospital.

Agora estou aqui, com os três problemas todos juntos, misturados, tomando um monte de remédios, entre mamadeiras, fraldas e muito Vick VapoRub, esperando a sogra que teve que se deslocar de Killarney para vir ajudar com o neto, e com a nora.

Me benzo, né? Tomo banho de sal grosso? Ou mando um barquinho para Iemanjá com um espelho de presente? Sugestões?

N.

16 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
May 10, 2011
Next Post
May 10, 2011

16 Comments

  • Mi

    Haja sal grosso! Mas imagino q depois do parto o sistema imunologico esteja bem baixo mesmo. Afinal eh uma grande mudança e o corpo tem q se acostumar de novo a tudo: amamentacao, pontos, noites mal dormidas… Tenta nao se estressar e pensa que tudo passa. O começo pode ser dificil mas depois vcs vao rir sobre essa onda de azar. Bjs!

  • Carla

    Ô Nívea… que barra hein?! Vou nem dizer que vai passar, porque tenho certeza de que isso não faz a menor diferença agora, mas espero sinceramente que você esteja sendo bastante paparicada pelo marido e pela sogra, e que volte logo para contar que os tratamentos foram um sucesso. Força e boa recuperação!

  • DanyGouveia

    Poxa Ni, imagino o quanto esta sendo dificil, aidna mais nessas primeiras semanas onde a gente mais quer e estar bem. Mas forca ai, que a recompensa e grande!!!

    Bjos

  • Vivi Marques

    Acordei hj reclamando da vida. Nao vou reclamar mais nao. 🙁 Espero q fiques bem logo e que o E. deixe de ser tao esfomeadinho pra tu poder dormir mais 😉

  • carol P

    menina,
    tudo vai melhorar, q bom q sua sogra eh das boas, sorte sua.
    a tal mastitis me pegou tambem, e ninguem fala no fantsyland da amamentacao. sorte na cauterizacao…segura q vc eh forte.
    bj
    carol

  • Sandre

    ehhh nivs, não é brinquedo, rs.
    estou sempre acompanhando seu blog.
    beijos!

  • Cintia

    Nivea, que ce fez na sua vida passada, hein?! Que coisa absurda… tudo de uma vez so. Muie, respira fundo e forca. Isso tem que passar. E la no Ceara a gente manda o povo tomar banho de mar pra lavar a alma e tirar essa magia negra de cima… boa sorte. To na torcida!

  • Paula

    Pois é menina tem hora que parece que desgraca pouca é bobagem mesmo né!!! EU no seu lugar estaria pensando mesmo em me benzer e tomar banho de sal grosso também, acho que mal nao faz ….. eu sei que escutar o cliche de “vai passar” nao é lá muito consolo, entao pensa assim, se vc ta pagando os seus pecados agora entao daqui pra frente será só alegria!!! Temos que pensar assim, né, pq ficar mal só vai piorar! Forca pra vc! Vou acender uma velinha aqui em seu nome tá, mesmo pq o meu primeiro mes de pós parto foi punk e eu chorava dia e noite sem parar por causa disso. Um beijo e um abraco bem forte mesmo que distante tá!

  • Neda

    Nivea, tem horas que tudo acontece ao mesmo tempo.
    Fiquei preocupada com a cicatrização, uma amiga é extremamente alergica a linha cirurgica e seu relato parece com o dela.
    Beijos, abraços e melhoras!

  • Cris

    Poxa flor que pena… espero mesmo que tudo melhore e logo viu…
    Mas ó um bainho de sal grosso não faz mal a ninguém… rssss
    Ní, esse seu pimpolho tá muito fominha… faz igual eu, fui cortando aos poucos e depois dos 2 meses e meio ele já não mamava durante a noite de forma nenhuma!!!

    BJOUXXX força e paciência (que sei que nestas horas ambas coisas não fazem parte da nossa vida)

  • Cath

    Eh parece que a bruxa ta solta esses ultimos meses, eu passei e to passando por tudo que deveria passar na minha vida em 2 meses, e olha que eu nao tenho filhos ainda.. adorei a parte do reembolso que vc escreveu no seu post. Mas dias melhores virao, e tenho certeza que tudo vai melhorar e essa fase vai passar, porque o jeito eh acreditar e pensar positivo.
    Forca e curta bastante a ajuda da sogra.
    Fique com Deus, bjusss e melhora!!

  • Carol

    Qi pecado de vc! Pior que uma coisa abaixa nossa resistÁencia e vem um monte atras mesmo…
    Se benzer pode ser uma boa idéia mesmo… rsrsrs
    espero que vc melhore logo!
    Beijinhos!

  • ka smith

    Você tem que pensar que o pior já passou, respira fundo e reza,porque dias melhores virão!

    beijoooo

  • Daniela

    Concordo com a Ka ai em cima! Dias melhores virao!

    bjao

  • Ananda Etges

    Melhoras, Nivea! Espero que logo tudo se ajeite!

    Beijos, Ananda.

    http://projetodemae.wordpress.com

  • Uscia

    Ni!
    Eh só o inicio…
    Depois passa!
    O leite da noite vai sendo diminuído aos poucos, pelo próprio E.
    Oliver já dormia a noite toda com 2 meses!

Leave a Reply

Related Posts