Blog

Em 2016 eu vou… { me organizar ainda melhor }

Eu sou bastante organizada, é verdade (e não sei ser de outro jeito), mas desde a metade do ano passado, com a depressão, as coisas sairam bastante do meu controle.

Como estou me sentindo bem melhor (e aproveitando a ajuda da au pair por meio período com as crianças) chegou a hora de colocar ordem na casa. Na verdade essa é uma tarefa que deve levar bastante tempo porque muita coisa precisa ser feita e minha energia ainda é limitada.

Um pouco por dia, todos os dias, é minha meta.

No final do ano li o livro Vida Organizada, da Thais Godinho (que escreve um blog de organização de mesmo nome) e estou lendo agora o The Life-Changing Magic of Tidying da Marie Kondo para servir de inspiração. Acho que o livro da Thais deve ser bem legal para quem não sabe direito por onde começar mas eu não encontrei nenhuma novidade, até porque o que vinha me faltando era energia para manter as coisas organizadas. Quanto ao da Marie Kondo, esse eu não li o suficiente para dar minha opinião mas sei que muita gente gostou muito.

Enfim, eu comecei organizando o material de artes do Erik, que estava espalhado pela casa. Usei a ideia do Pinterest e comprei na Ikea esse carrinho para deixar tudo num lugar só. Ele mesmo organizou e ficou ótimo. A vantagem do carrinho é que ele fica num cantinho da cozinha mas pode ser empurrado para a sala, assim o Erik escolhe se prefere utilizar a mesa de centro da sala-de-estar ou a mesa de jantar e pode levar o material com ele.

IMG_0577

IMG_0584
Aliás, o Pinterest tem várias idéias legais de como utilizar esse carrinho (ou outros itens da Ikea) para organizar várias partes da casa. Vale uma conferida.

Já organizei também as roupas das crianças. Pilhas foram retiradas dos armários para doação, roupas da Elena que estão em ótimo estado foram guardadas em embalagens à vácuo e colocadas no sótão para a próxima amiga que tiver uma menina e algumas (poucas) peças guardei de recordação. As roupas que ainda estão grandes para Elena (muitas amigas me dão roupas das filhas para serem reaproveitadas) também estão em embalagens à vácuo (para ocupar pouco espaço) embaixo da cama, assim eu tenho como dar uma olhada todos os meses para colocar as que servem em uso.

Como esvaziamos o quarto de hóspedes para a au pair muitas coisas tiveram que ser guardadas em outros locais. Por isso meu quarto está nesse momento bastante bagunçado o que deve ser resolvido nesse próximo fim-de-semana com a colocação de algumas prateleiras (que já compramos) e com a doação de sacos e mais sacos de roupas, brinquedos e outros itens.

Por falar nisso, dei início também a organização dos brinquedos dos dois. Guardei alguns itens que eram do Erik e que ele não brinca mais para a Elena (essa caixa foi colocada no shed, uma espécie de “casinha” que a grande maioria das casas tem no quintal para guardar material de jardinagem, bicicleta e outras coisas), outros estão aguardando para serem doados e tudo que estava quebrado foi para o lixo. Ainda falta bastante mas já fez uma diferença enorme.

IMG_0586

Para as próximas semanas/meses meus objetivos são esses:

  1. DESTRALHAR – separar objetos que não são usados para ir para o lixo, reciclagem ou doação;
  2. consumir MENOS – porque não existe organização se a gente não para de comprar o que não precisa ou não tem onde guardar (e isso vale principalmente para os brinquedos);
  3. quando comprar algo usar a regra “one in, one out”. Por exemplo, uma peça de roupa nova entra no armário mas obrigatoriamente uma peça usada é doada;
  4. organizar meu quarto (montar prateleiras, desmontar trocador da Elena, doar as sacolas de roupas e brinquedos);
  5. organizar o material da doçaria (ainda inativa desde final da gravidez da Elena) em caixas que serão guardadas no shed;
  6. organizar o shed que atualmente está uma bagunça de caixas de brinquedos, papelão para reciclagem e ferramentas;
  7. organizar a estante da sala onde estão meus itens pessoais (material de estudo e arts & crafts) e também meu material de costura e tricô;
  8. organizar o arquivo de contas e documentos da familia;
  9. criar uma rotina semanal para limpeza da casa;
  10. montar um “command center” na cozinha onde ficam meu calendário, menu da semana & lista de compras, quadro branco para anotações e itens de organização pessoal (cadernos, canetas e etc.). Atualmente o cantinho escolhido está assim, funcional mas pouco bonito:

IMG_0660

Quando estiver pronto eu prometo voltar para mostrar uma foto do “depois”. Aliás, já estou programando um update desse post para daqui há 3 meses para mostrar o que foi feito nesse período e como tenho me organizado.

E last, but not least, o dia-a-dia também segue um esquema de organização que já está em uso: faço listas semanais e mensais de compras, menu da semana e também planejo as atividades do meu dia. Consultas médicas e outras datas importantes estão anotadas no calendário, lembretes no quadro branco, assim como uma listinha de dois ou três itens que obrigatoriamente têm que ser feitos naquele dia.

Tá de bom tamanho, né?

N.

11 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
February 11, 2016
Next Post
February 11, 2016

11 Comments

  • Ananda

    Oi Nivea!

    O assunto muito me interessa. Estamos no processo de “destralhar” e minha nossa… como acumulamos coisas.
    Estamos vendendo/doando/passando adiante tudo que temos para resumir nossas vidas a algumas malas de 32 kg. Meu plano é recomeçar com o menos possível e as dicas com certeza serão válidas.

    Abraço,

    Ananda

  • Gabi

    Ser organizada é uma missão de vida pra mim. Sou muito bagunceira, já melhorei um tico com a redução do guarda-roupa, mas olha.. falta MUITO. Preciso me inspirar. Acho que vou ler uns livros desses também, rs. Beijos!

  • Thais

    Nivea, so fica de olho vom guardar coisas no shed + clima ingles/irlandes. Mesmo essas caixas plasticas como a da foto com os brinquedos nao vedam totalmente. Alguns meses no shed, especialmente no inverno, e tudo que for papel, cardboard ou tecido tem grandes chances de mofar e se perder. Se der guarde na garagem.

    Bjs

    • Thais

      Ah ou no attic.

      • Nivea Sorensen

        Thais, você tem toda razão, não tinha pensado nisso. As coisas vão para o attic então. Obrigada pela dica. x

  • Quelma

    Estou lendo o do Marie Kondo. Gostando muito.

Leave a Reply

Related Posts