Menu
Meu babóg

1001 maneiras de entreter o seu babóg (em fascículos)

Tem (poucos, graças a Deus) dias nessa vida que E. tira para testar minha paciência budística. Nesses dias ele gruda na barra da minha saia, não quer brincar, não quer porra nenhuma a não ser choramingar e me deixar louca.

Durante todos os outros dias ele é uma delícia de se cuidar (já cuidei do filho dos outros e sei bem como eles podem ser encapetados difíceis). E. brinca sozinho, passa muito tempo com seus livrinhos e dorme bem, me deixando com bastante tempo livre (hahaha, tempo livre o escambau já que eu tenho a casa para cuidar e outras mil atividades que eu invento). Brinco com ele entre uma tarefa e outra, ele vai me seguindo aqui e ali, mas no geral não dá trabalho (mas isso não quer dizer que ele não faça uma bagunça inacreditável para alguém tão pequeno).

A questão é que me incomoda um pouco o ver brincando com brinquedos o tempo todo e gostaria de proporcionar para ele outro tipo de atividades. Até pouco tempo atrás isso não funcionaria por ele ser mais bebê do que menino. Agora acho que é a hora de tentar.

Comecei então com o giz de cera (material: folhas de papel sulfite e caixa de giz de cera, o que custou menos de €3).

De cara E. se interessou pela caixinha. Abriu, tirou os gizes (não me corrige que eu fui perguntar para o google e existe plural, ainda que feio) e começou a brincadeira.

Passados 5 minutos ele continuava quieto desenhando:

Mais 5 minutos (acha pouco? 10 minutos de babóg quieto me permitiram tomar uma xícara de café e dar uma olhada no facebook nas notícias ).

Até que o esperado aconteceu:

E. começou a comer os gizes. Consegui salvar o azul e o amarelo mas o rosa e o verde sofreram danos permanentes (nessa hora a mãe corre para ver a embalagem do produto para ver se é tóxico, o que deveria, em tese, ter sido feito antes de dar na mão dele, viu mãe responsável?)

Aí você explica para uma criança de menos de dois anos que não pode comer o giz, que o giz é para desenhar, etc. e tals. Ele finge que entende, eu fingo que acho ele um gênio e dou mais uma chance.

Passam-se mais dez minutos e E. continua brincando com os gizes:

Dessa vez ele deixa de lado o papel (e sua veia artística) e brinca mesmo é de rolar o giz pela mesa e ver cair do outro lado.

Conclusão: giz de cera aprovadíssimo, só aguardando um novo dia de chuva para come out and play.

Próxima brincadeira? Massinha caseira na semana que vem? Será que rola? Será que ele é muito pequeno? Será que ele vai comer? Será que vai fazer muita sujeira? Será?

Ah, aceito sugestões viu? Ou você acha que eu já pensei nas 1001 atividades do título do post? Faltam poucas. Tipo umas 997.

N.

About Author

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

28 Comments

  • Manu
    August 1, 2012 at 10:57 am

    Ahhh que fofura ver ele todo grandinho com o giz de cera…
    Parece criança na escolinha! Ahahah

    Faz a massinha de modelar sim, Nivea!! Ele vai adorar, mas tem que ter cor.
    Não sei porque, mas tenho a “leeeve” impressão de que ele vai comer sim. =P

    Você pode tentar também com aquelas canetinhas laváveis… vai fazer sujeira com certeza, mas depois é só passar um paninho com água, e pronto tudo limpo. Pelo menos não precisa se preocupar caso ele “desenhe” nas paredes e no carpete.

    Beijos

    Reply
  • Dani Cassar
    August 1, 2012 at 11:13 am

    Ah Bella nao come os giz, mas adora pintar as paredes e ontem achou uma caneta e pintou o sofa de couro =(…mas o importante eh quando usam e abusam da criatividade e nos deixam em paz uns minutinhos…haha
    Beijos em vcs

    Reply
  • Luciana
    August 1, 2012 at 11:44 am

    Oi Nivea,

    eu estou com você nessa, prefiro ver o uri fazendo coisas criativas e aprendendo um pouquinho do q só brincando com os mesmos brinquedos. Eu penso em uma atividade diferente por dia pra ele, uma coisa q eu possa brincar junto, nem q seja por poucos minutos (tanto qto a concentração dele permitir). Então pesquiso bastante.

    Umas ideias q vi por ai e me lembro agora (mas nao testei ainda):

    – fazer “tinta” de iogurte, colorindo com corante e deixando ele brincar sem merdo de ser feliz
    – finger paint na banheira – diz a dona da loja de artesanato q eu fui ontem q dá pra tirar tudo com o chuveiro depois. Agora no verão, deixa-los so de fralda um pouco antes do banho e depois já tirar a tinta da banheira e deles, é uma boa!

    se eu lembrar mais, te falo. Beijo

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:00 pm

      Obrigada, Luciana. Adorei a dica do iogurte, vou fazer com certeza x

      Reply
  • val
    August 1, 2012 at 11:58 am

    aqui giz começou a rolar não tem muito tempo pois Gabriel comia tb, massinha eu não dou ainda pois antes ele comia e depois ele começou a picar em uns 655211 pedaços e jogar por todos os cantos, então a tese que isso seria bacana foi por àgua abaixo.
    Aqui o que anda reinando mesmo são os lapis de cor e tem varios sites em que imprimo desenhos para eles colorirem.. se vc quiser te passo uns links 🙂
    Eu sou muito chata com relação à brinquedos de modo geral, video game é interditado em casa e por mim não vai entrar nunca, mas tem alguns brinquedos que são produtivos e ajudam muito na imaginação das crianças como o lego , aquele com peças maiores, eles passam horas construindo, jogando com as cores e descobrindo novas formas 🙂
    Essa foi uma dica da psicologa do meu mais velho , testei e super aprovei !

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:00 pm

      O lego de peças maiores faz sucesso aqui também, Val
      x

      Reply
  • priscila santos
    August 1, 2012 at 1:27 pm

    Nossa Nivs, ate que ele demorou para come-los!!! rsrsrs
    Bem, eu dei massinha para a Mariana so depois dos 2 aninhos pois antes a experiencia não foi das melhores…..ainda mais se existe tapetes e carpetes junto…..rsrsrs
    beijos e prometo que vou pensar em outras atividades e te dar dicas…..

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:01 pm

      Pri, tenho a impressão que a massinha não vai rolar com o carpete, mas vou levá-lo para brincar no parque talvez.
      x

      Reply
  • Louise
    August 1, 2012 at 1:30 pm

    Nivea,
    Concordo com esse lance de introduzir o lado artistico. Comprei brinquedos musicais, ela tem piano grande, tambores e coisas do tipo e ela adora.
    Quanto aos gizes, ela ganhou de aniversario uns chamados “twist-ups”, a marca e a Staples. Sao gizes nao toxicos com capa, nao tem como o bebe comer. Ela fica catando papel na casa para pintar. Ate quando as paredes ficarao limpas, nao sei, mas tem dado certo.
    Vou postar a foto do giz no Face e te marcar.
    Bjok.

    Reply
  • Didi
    August 1, 2012 at 2:44 pm

    Arthur certamente iria comer a massinha – assim como o giz ou qualquer coisa que resolva estar ao seu alcance. Acho que E. também comeria a massinha, ainda mais se fossem coloridas!. Acho que é melhor fazer uma massa de pão com corante para ele brincar, assim é mais seguro caso resolva brincar de comer a massinha. hahaha

    Mas por enquanto não tenho dicas não. Vou pensar e volto com ideias.

    beijos

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:02 pm

      Didi,
      A massinha é feita com farinha e corante comestível mesmo, nada que faça mal caso ele coma um pouquinho.
      x

      Reply
  • Thais Bessa
    August 1, 2012 at 2:58 pm

    Oi Nivea, conheci seu blog pela Luciana do Uri, sempre leio e nunca comentei (sabe quando vc fica com vergonha sem motivo? pois é). Acho seu blog bacana pelos temas, jeito de escrever e tb por ser mais uma mãe brasileira expatriada, já que eu moro na Inglaterra.

    Bem, sobre as atividades, eu concordo plenamente! Eu trabalho e Bebella vai pra creche, mas nos momentos que ela está em casa, inventamos mil e uma atividades, desde sempre. Ela começou a desenhar com giz e lápis desde os 10, 11 meses e até hoje ama, assim como pintura e massinha. Sobre colocar na boca fizemos como vc e deu certo. Hoje em dia que já passou a fase de colocar tudo na boca nem tem mais essa preocupação (ela tem 2 anos e meio). Uma única vez ela desenhou na parede, já tinha 18 meses. Falei que não podia, que desenhar é no papel. Ela tentou de novo no mesmo dia. Como já tinha dado o warning coloquei no cantinho da disciplina (que usamos desde os 12 meses) e ao final ela pediu desculpa e limpou a parede. Sim, usei trabalho infantil, haha. Nunca mais ela nem tentou. E se tentar leva warning, cantinho e limpa.

    Enfim, isso já virou uma redação, mas queria te dar dicas de atividades. Uma ótima fonte é o Pinterest. Se quiser dá uma olhada no meu board de Parenting e de lá dá pra pular pra muitos outros boards, sites e blogs bacanas. http://pinterest.com/thaisbessa/parenting/

    Bjos

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:02 pm

      Obrigada, Thais! Vou seguir seu board no pinterest agora mesmo.
      x

      Reply
  • Camila
    August 1, 2012 at 3:06 pm

    Nivea, há pouco tempo comecei a acompanhar o seu blog, pois planejo ir para a Irlanda estudar inglês quando concluir minha graduação no Brasil.

    Li todos os seus posts e o seu filho é simplesmente LINDO. Estou apaixonada por essa criança hahaha

    Sou estudante de Psicologia e tenho um livro muito bom para você (que ama livros!!) sobre desenvolvimento infantil, onde fala sobre quais atividades fazer com as crianças em cada etapa do desenvolvimento. Caso tenha interesse, posso escanear o quadro que explica isso e enviar um link do livro (não sei se você consegue comprá-lo aí). Caso queira também posso enviá-lo para você.

    Beijos,
    Camila.

    Reply
  • Fernanda
    August 1, 2012 at 6:28 pm

    Na nossa época era um sofrimento, eu achava todas as massinhas fedidas e não tenho notícia de comer nenhuma, sem contar aquela geleca fedida que vinha num potinho de plástico. Eu adorava, mas aaargh. Acho que as massinhas de hoje devem ser mais saborosas.

    Mas deixa eu comentar que tem um ginasta inglês (está competindo agora, ao vivo) que me faz pensar no E. quando crescer! Um ruivo lindo, Daniel Purvis. Eu olho nele e imagino o trabalho que o E. vai te dar hahahaha

    Beijos!

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:04 pm

      haha… Fernanda, fui correndo no google ver quem era o ginasta!
      x

      Reply
  • Ananda Etges
    August 1, 2012 at 6:29 pm

    Oi Nivea,

    Ainda não tentamos trabalhos com giz em casa, mas a professora contou que na escola funciona muito bem. O que a gente costuma fazer é brincar com caixas de papelão. Quando eu não estava tão gorda, digo grávida, eu o arrastava dentro da caixa de um lado para o outro, como se fosse um carro. Dá para brincar de barraca também, dependendo o tamanho do papelão.

    Essas dicas poderiam render uma série, né? Tipo um post por semana. Acho que ajudaria muito outras mães com filhos da mesma idade! Além disso, poderíamos aproveitar e compartilhar algumas ideias.

    Beijos, Ananda.

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 3, 2012 at 4:05 pm

      Ananda,
      A idéia era fazer uma série de posts mesmo, ver o que funciona e o que não funciona.
      x

      Reply
  • Thaísy
    August 7, 2012 at 6:19 pm

    Antes de terminar a leitura pensei: ” O Erik é um super bebê e não come giz de cera como o Miguel…”…

    Ingenuidade é meu sobrenome… rsrs!!

    Um beijo!

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 7, 2012 at 7:20 pm

      Thaísy,
      Te desafio nomear 3 coisas que o Erik NÃO come!
      x

      Reply
  • Camila Menon
    August 7, 2012 at 11:00 pm

    oi Nivea,

    Tenta a lousa magica (aquelas que tem tela de ïma” e que apagam qdo vc balança ou usa o apagador embutido)

    Quebra-cabeças/legos com peças grandes

    Brinquedos musicais (tem um cachorro que canta as nursery rhimes e as cores que é otimo da Fisher Price e as kids nessa idade AMAM)

    jogar aviaozinho de papel (faz varios e faz ele buscar, alem de estimular ele ainda vai dormir melhor deposi da brincadeira! hahahahaha)

    Massinha, tinta, giz de cera, canetinha ou qquer outra coisa que possa virar uma “arma” na mao dos “anjinhos” so com supervisao mesmo

    🙂 xx

    Reply
    • Nivea Sorensen
      August 8, 2012 at 1:01 pm

      Obrigada Camila, E. tem esse cachorrinho da Fisher Price!
      Um beijo

      Reply

Leave a Reply