Blog Pretensões e Desabafos

Vai um selinho aí?

Eu não estudei português o bastante para saber se escrever é verbo transitivo ou intransitivo. Não sei dizer se pede objeto ou não. Mas posso afirmar que pede público. Pelo menos para quem escreve blog.

Se eu não quisesse, gostasse, ou esperasse que as pessoas viessem aqui ler o que eu escrevo, isso não seria um blog aberto ao público, seria o diário que eu mantenho na mesinha de cabeceira.

Bobeira negar que eu não fico feliz com os comentários e com o número de seguidores, ou que eu não acompanho o número de visitas que eu recebo.

Eu faço tudo isso, sim. Mas não faço disso a minha razão para escrever. Continuo escrevendo exatamente como se fosse o diário ao lado da cama. Nunca penso que se escrevesse sobre o assunto x, ou da maneira y, conseguiria atrair um público maior. Não invento, nem aumento. Não faço promoção, ou sorteio, nem faço propaganda. Não me obrigo a publicar diariamente, nem deixo de fazer isso por achar que um post vai ofuscar o anterior. Enfim, escrevo o que eu quero, como eu quero e quando eu quero. Nem o horário para publicar eu escolho. Não consigo me programar, eu escrevo e na sequência já coloco online.

O máximo a que eu me permito em termos de divulgação são os links no FB, no Twitter e no Orkut, que são automáticos.

Quem me conhece pessoalmente há mais tempo sabe que querer agradar não é o meu forte, então eu nem tento. E posso apostar que essas pessoas também não conseguiriam diferenciar entre a pessoa que escreve e o blog.  Eu sou o que escrevo, o que escrevo sou eu.

Daí que vira e mexe alguém me oferece um “selinho”. Para quem não faz parte desse mundinho dos blogs, um selinho é como se fosse um prêmio pela qualidade do seu blog. Ou pelo menos deveria ser assim. Mas virou comércio. Eu crio um tal selinho e escolho 5 pessoas para presentear. Nada de errado com isso. O problema começa quando eu estabeleço regras para o recebimento do prêmio: essas 5 pessoas seriam então obrigadas a postar o selinho no blog delas, dizer quem deu (olha o marketing direto), escolher mais 5 e seguir a corrente.

Por essa razão eu nunca aceitei nenhum. Mas ao mesmo tempo me sinto mal às vezes porque a pessoa que ofereceu pode nem estar pensando no marketing todo. Vai ver ela só recebeu o selinho, aceitou (talvez até por vergonha de negar) e se viu na obrigação de passar para a frente.

Peço desculpas aqui a quem já me ofereceu um selinho e eu ignorei. Não é por mal, mas eu odeio a obrigação de retribuir. Afinal, imagina só se eu saísse por aí oferecendo o Selinho I. de Qualidade por exemplo, que saia justa que não seria?

Selinho, de qualquer tipo, na minha casa ou no meu blog, só o do marido.

N.

22 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
March 10, 2011
Next Post
March 10, 2011

22 Comments

  • Ian

    Hold on one second, I did not actually approve this post!! What you are doing with that image up there is illegal. You can’t tell people I approved a post I did not even see. I’m going to sue you for libel! I demand 1 curry dinner and a six pack of brahma for my trouble!

    • ka smith

      I like your style! hahahaha

    • nivea

      Meu amor,
      You approve of everything I say or do. That’s what marriage it’s all about!
      There’s no way I’m cooking curry for dinner, but there are 3 bottles of brahma in the fridge for you.
      x

  • ka smith

    HAHAHAHAHA
    Então… fui eu que escrevi esse post?
    Tirando programar post com data e hora e não publicar mais do que um no mesmo dia,
    penso exatamente como vc, principalmente em se tratando de selinho, que ká.Entre.nós, na maioria das vezes seja por esquecimento ou falta de interesse, recuso.
    Espero que as amigas blogueiras não me levem a mal, mas ao meu ver funciona quase como uma corrente, daquelas que a gente recebia por email ou orkut, lembra? me dá sono…

    E pelo post, vc merecia um selinho do super sincero.

    beijo na pancinha

    • nivea

      Ká,
      Pois é, virou corrente mesmo.
      O seu blog tb merece um selinho super sincero. Vou lá todo dia, então isso já prova que eu aprovo. Mas tô pensando seriamente em te “presentear” com o Selinho I. de Qualidade. hahaha. E depois vou ficar super chateada se vc não colocar no blog. 😉
      Beijos

  • Carol

    ai… concordo megas.
    já publiquei alguns, já tentei e me sinto mal de recusar.

    mas recuso e nao leio dos outros nao, confesso.

    beju beju

    • nivea

      Oi Carol,
      Com o tanto de gente que segue seu blog eu não faço nem idéia de quanto selinho vc deve receber.
      Bjs

  • Flavia

    Amei e super concordo.
    minha tatica é agradecer e esquecer… Antes recebia mais, mas tambem dei a dica no blog, um tempo atrás e deixaram de me enviar os tais selinhos.

    beijo

    • nivea

      Oi Flávia,
      Estava me sentindo mal por não agradecer e por nõa explicar o porquê de não aceitar. Acho que agora resolvo o problema.
      Bjs

  • Ana Paula

    Eu comecei o blog, com mais afinco e dedicação, no ano passado, há um ano mais ou menos. Quando vi os tais selinhos e com toooodas aqueles regrinhas achei bem esquisito… No início, postei uns dois, para não fazer desfeita, mas não ofereci a ninguém. Depois comecei a passar nos blogs para agradecer o selinho e nada mais.

    Mas confesso que não gosto. Acho chato, e na maioria das vezes tem o único objetivo de captar mais leitoras.
    E ter leitores, seguidores, é uma coisa que acontece naturalmente, não é mesmo? A gente lê, gosta, se identifica e segue. Nada de obrigações.

    Bjs!

    • nivea

      Concordo, Ana Paula.
      Bom mesmo é ter gente que segue por afinidade.
      Um beijo

  • Ana Paula

    Falou tudo…
    Vou dar a dica la no journal tb… O problema dos selinhos é a tal corrente e eu não sou chegada nisso… Bjsss

    • nivea

      Oi Ana Paula,
      Acho que fica mais fácil negar quando vc explica a razão. Um beijo,

  • Daniela

    N! Eu gosto de selos, acho uma forma legal de conhecer outros blogs e tb fico mt contente qud lembram do meu. Acho que é quase como uma blogagem coletiva no quesito “gerar links”. Acredito que este seja o principal ponto.
    bjos!

    • nivea

      Oi Dani,
      Eu tb fico muito feliz quando se lembram do meu blog. O que eu não gosto mesmo é a obrigação de ter que retribuir.
      Um beijo

  • Carine S.

    Interessante, ainda não conhecia esta historia de selos. So o selo do MI que me pareceu um otimo identificator p o grupo, mas quanto aos outros vou pesquisar. beijao e desta vez na bela pança.

    • nivea

      Obrigada pelo beijo na pança, Carine.
      Um outro pra ti.

  • Ana

    Ai, eu sou tão anti-social que nem selinho ninguém me dá. hahaha Menina, tô querendo vir aqui te agradecer faz tempo: uns dias depois que você postou sobre as pomadinhas badger, eu vi uma para o sono do bebê no supermercado. Comprei e minha vida mudou! Muito bom, obrigada pela dica!

    Beijos.

    • nivea

      Oi Ana,
      Que bom saber! Estou usando a de adultos e estava muito curiosa pra saber se a de bebês também funcionava.
      Um beijo

  • Ana Maria

    Nossa amiga, sou a mais perdida pois nunca tinha ouvido falar neste tal selinho!!! E isso porque tenho blog heim… mas é que meu blog é somente pra me desabafar as vezes, como vc mesmo disse, como se fosse o diário ao lado da cama…
    Enfim, com selinho ou não, vc sabe adoro visitar seu blog, sempre com temas interessantes e muito bem escritos!!

    Beijinhos

    • nivea

      Obrigada amiga,
      Adoro quando vc passa por aqui.
      Um beijo

  • Ernani

    Selo só serve pra enviar carta. E gente moderna não vai ao correio… gente moderna manda um post… hehe
    bjo

Leave a Reply to Ian

Related Posts