Férias Pretensões e Desabafos

Leseira

Dois anos é tempo. Dois anos é tempo para caramba. Dois anos é tempo suficiente para esquecer.

Tinha me esquecido do calor que faz em São Paulo. Ou melhor, tinha me esquecido do quanto eu odeio calor. Odeio calor. Tem gente que até funciona nessas temperaturas, né? Eu não. E é por isso que eu me adaptei tão bem à vida na Irlanda, onde chove proporcionalmente à quantidade de sol que faz nessa terra que não pode ser de Deus.

Num calor desse eu não tenho vontade de fazer na-da. Mas nada mesmo. Aliás, para eu fazer nada eu preciso de muita força de vontade e estou longe disso.

Há dez dias aqui nem na feira comer um pastel eu ainda não fui tamanha a minha preguiça. Mercado Municipal? Nem. Decoração de Natal na Paulista? Nada. Caminhar na Paulista então, só se for com um ar-condicionado portátil. Jantar no Outback? Nem disso eu tenho vontade. Se tiver que usar sapato ou sutiã, nem pensar. Desisto.

Para se ter uma idéia do meu estado de falta de ânimo ainda não fui à Livraria Cultura gastar dinheiro com livros, a coisa que eu mais gosto de fazer no mundo das coisas gostosas de se fazer.

Não consigo ler, muito menos escrever. Diria que não consigo nem pensar.

E antes que o sol queime os restos dos meus neurônios, deixo registrado aqui, para não me esquecer, que verão no Brasil nunca mais. Nunca mais. Nunca do verbo nem fodendo, com o perdão da expressão. Já estamos agendando as próximas férias em terras tupiniquins para Julho ou Agosto.

Agora antes que eu me esqueça, que calor é esse? Sério que alguém acha isso bom?

N.

28 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
December 27, 2011
Next Post
December 27, 2011

28 Comments

  • Ananda Etges

    Faço minhas as tuas palavras. É de morrer (ou matar). Tbm gostava do clima da Inglaterra pelos mesmos motivos. Cinza? Eu não reclamava. Preferia nublado do que o calor infernal das terras brasileiras.

  • Ananda Etges

    Ah, e o que o I. está achando?

    Beijos, Ananda.

  • Ingrid Gomes

    Eu tambem detesto calor, mas nao perco pastel na feira (que fica há duas quadras de casa) ou passeios no fim de tarde, à noite, NEM FODENDO, na última vez que fui no verão eu passava quase o dia todo em casa na frente do ventilador, saia só se o passeio tivesse ar condicionado ou piscina hahahhaa, deu pra aproveitar bem.
    Animo mulher, daqui a pouco você volta pra Irlanda, aproveita oque tem por ai, agora, vai feira comer um pastelzinho por mim vai, levar o E. provar todas as frutas que os feirantes oferecem de “amostra” e ficar assustado com a gritaria! =)

    Beijão e FORÇA!

    • Nivea Sorensen

      Obrigada, Ingrid.
      à noite até temos tentado sair, mas com E. acordando durante a madrugada e muito cedo de manhã a gente fica só o bagaço.
      Beijos

  • Dani Cassar

    Ixi o verao aqui em Malta chega a a temperaturas altissimas e ate quem vem do Rio diz que esse lugar aqui nao e Deus…hahaha…moro na portinha do inferno..rsrs…Fica a dica p/ nao virem no alto verao…hahaha

    Bjs

    • Nivea Sorensen

      Obrigada pela dica, Dani. Não tinha idéia que Malta era assim tão quente.
      Beijos

  • Fernando

    Nívea, parece eu escrevendo, já sai do Brasil tem 8 anos, e serio ñ sei como eu agüentava, era obrigado na verdade, mas sempre odiei o calor, eu passo mal mesmo, minha pressão já é baixa pra caramba e no calor piora, parece q vou desmaiar, e a primeia vez q fui passear aí foi no verão e vou te contar ñ quero mais, da anterior foi “inverno” e usei camiseta o tempo todo e o pessoal reclamando de frio, pode isso, apesar q eu qdo morava aí também sentia frio no inverno tropical, nada q inverno de verdade para mudar os parâmetros, mesmo com a leseira e tudo espero q vcs consigam aproveitar a estadia aí, abraço.

    • Nivea Sorensen

      Oi Fernando,
      Verdade,né? Acho que a gente se acostuma a tudo. Minha pressão também é baixa e nesse calor fica ainda pior.
      Abraços

  • ka smith

    Ai amiga, eu sei que pode ser doloroso, quase insuportável, mas aguenta firme, daqui a pouco vc vai voltar e vai sentir saudades!
    Vai comer seu pastelzinho, comprar seus livros em português, mesmo que seja no final da tarde, não aproveite essa chance, afinal, só Deus sabe quando vc vai sentir esse calor todo de novo, né?

    Tô aqui toda ansiosa e vc me desanimou! hahahaha

    beijooo

    • ka smith

      Quis dizer “não desperdice essa chance” 😀

      • Nivea Sorensen

        Amiga, você gosta de calor, né? Eu não. Vou aproveitar ao máximo, sim. Depois não vou reclamar e volto no inverno!
        Beijos

  • Roberta

    Nivea, você com certeza não é a única. EU TAMBÉM ODEIO CALOR.
    Adoro o frio…

  • Ernani

    Thanks por acabar com minha saudade de casa… hehehehe.
    bjoca e boa sombra pra vc, querida!

  • Fernanda Lima

    SOMOS DUAS.

    E o pior de tudo é ser tratada feito um ET por não conseguir viver nesse calor. Todo mundo acha lindo, a estranha sempre sou eu. E eu fico com muita raiva quando vejo as previsões do tempo na TV e quando vai fazer calor a pessoa sempre diz que tem “uma notícia boa”, ou faz aqueles comentários de felicidade. aff.
    Parece que todo mundo se esquece de quem não só não gosta, como passa mal com o calor, é um saco, minha pressão sempre cai.
    Hoje parece que o tempo está mais ameno (cheguei do Paraná ontem e quase derreti em vida por lá). Mas se continuar assim, aproveite. Se quiser sair de metrô, por exemplo, já pegou a linha amarela nova? Dá pra subir direto da República para a Paulista e nesses dias está bem mais vazio 😉

    um beijo.

    • Nivea Sorensen

      Oi Fernanda,
      Valeu a dica, ainda não usei a linha amarela do metrô, vou ver se aproveito a próxima semana para fazer isso e quem sabe levar o pequeno para conhecer o metrô paulista.
      Beijos

  • Cintia

    Sou a unica. Amo! 🙂

  • klelia

    eu concordo contigo…
    nao eh por acaso que minha mae disse q to no lugar certo…
    ainda mais eu vindo do mato grosso do sul,quente eh pouco por la…
    e esse “inverno” aqui em Dublin esse ano ta uma delicia,na casa dos 10 graus…quer coisa melhor
    =D
    bjo,bjo

    • Nivea Sorensen

      Klelia,
      Ouvi falar nesse inverno lindo de 10 graus. Que saudades!
      Beijos

  • Liza

    Jezz quando li o post achei que ninguem concordaria contigo, to boba!!!
    To com a Cintia, amo calor, Sol na cabeca, fazer nada na piscina, areia de praia escaldante…

    Vai pra rua comprar seu livros, aposto que dentro da livraria tem ar condicionado 😉

    Curte tua cidade!!! xx

    • Nivea Sorensen

      Liza,
      Vou curtir sim, e depois volto sem culpa e sem reclamações para minha cidade cinza!
      Beijos

  • Tiana Oliveira

    Toda vez que sinto aquela saudade horrenda da familia, me obrigo a pensar no calor de Sao Paulo nao apenas nessa epoca, mas praticamente o ano todo. Isso abranda um pouco a vontade de pegar o proximo voo, rsrsrsrs. Tb odeio esse calor infernal!! E odeio mesmo. So de pensar no sutiã tb começava a me desesperar! kkkkkkkkkkkk mega bjs e tente achar uma coisa que te anime, tipo tomar picolé o dia inteiro… e o baby como reagiu à sauna?

    • Nivea Sorensen

      Tiana,
      E. até que tem aguentado bem, tomando muita água e usando nenhuma roupa.
      Beijos

  • Verinha

    Lendo seu post, me sinto mais normal. Não aguento o calor do RJ memso tendo nascido lá. Hj moro na serra e justamente por causa do calor que passei Natal aqui sozinha, não me conformo em ficar toda inchada, parecendo uma morta viva em calor de 41 graus, imagina a sensação térmica. Depois de muito sofrer, decidi que em 2012 ficarei aqui em Petropolis e daqui só para Dublin.
    Obrigada por compartilhar. Curta o máxmo que puder não deixe de comprar algumas preciosidades na Livraria Cultura e pastel é tudo de bom. Feliz 2012. Bj

    • Nivea Sorensen

      Obrigada Verinha,
      Se não gosta de calor, Dublin é perfeita. Te desejo toda a felicidade por lá.
      Beijos

Leave a Reply

Related Posts