Menu
Pretensões e Desabafos

Eu gosto mesmo é de rotina.

Houve um tempo em que eu tinha uma vida profissional. E eu fazia questão de que ela fosse extremamente bem organizada, ou melhor, EU era extremamente organizada.
Tanto que nos anos em que trabalhei no CNA, sempre ganhei o prêmio de “mais organizada” no CNA Teacher’s Awards (o nosso Oscar pessoal), junto com o de “a melhor risada” para provar que eu não sou uma total control freak bitch.
Em casa, eu me dava ao luxo de relaxar. Mas agora que os dias em casa se tornaram o padrão, eu transferi todas as minhas neuras para as tarefas cotidianas.
Para se ter uma idéia do nível da minha insensatez, antes de dormir eu anoto (hora a hora, as vezes até de meia em meia hora) tudo o que eu vou fazer no dia seguinte. Desde tomar café-da-manhã, até trocar a roupa de cama, passando por assistir um episódio de 24, ler 50 páginas de um livro, tomar um chá com biscoitos. Eu também programo a hora em que vou tomar banho e o que vou vestir. ALôca total.
Quanto ao que fazer para o jantar então, desde o último domingo eu tenho o cardápio da próxima semana todo programado. E acredite, já estou pensando na semana seguinte (que deve ser lá para o final do mês).
Por isso, obviamente eu não gosto quando a minha rotina é alterada. Mesmo que minimamente.
Hoje eu até tentei. Como I. saiu para o trabalho muito mais cedo do que de costume, resolvi que ia ficar na cama, dormir até mais tarde, e não me preocupar com o dia que já estava previamente programado.
O máximo que consegui foi dormir uma hora a mais. E só. E foi suficiente para que até agora, no meio da tarde, eu ainda esteja me sentindo perdida. Não sei se leio, se assisto um filme, se faço as unhas da mão ou se passo aspirador de pó na casa.
Amanhã? Bom amanhã eu volto a acordar as 8h20. As 8h30 vou tomar café, as 9h00 vou checar meus emails, ler as notícias e… bom, você não precisa saber do resto, mas eu sim.
N.
About Author

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

6 Comments

  • K∂riиє* Smith.
    May 5, 2010 at 1:50 pm

    Olá !!!
    E aí, aproveitou o final de semana do ladinho da sogrinha? hahaha
    Pois então menina, eu também nem gostava, mas agora até que eu gosto da minha rotina e principalmente de quebra-la ! 🙂

    Vem aqui em casa na terça que vem?

    beijossss

    Reply
  • Ana Flavia
    May 5, 2010 at 3:06 pm

    Nivea,
    esse post poderia ter sido meu! Eu anoto tudinho, tb. Até postei sobre isso tb:
    http://europrosa.blogspot.com/2010/02/o-dia-em-que-nao-escovaremos-os-dentes.html

    sem programar, me sinto perdidissima

    Bjo

    Reply
  • Mr. Lemos
    May 6, 2010 at 12:00 am

    Concordo com a Karine. Programar é bom demais. Principalmente quando vc não cumpre nem uma linha do que estava no papel…
    bjo

    Reply
  • Priscila Gemballa
    May 6, 2010 at 3:10 pm

    Oieeeee
    Adorei seu blog e vou passar a segui-lo constantemente. Vou para a Irlanda em um mes..

    bjs

    Reply
  • BiLL
    May 7, 2010 at 4:28 pm

    Ahahahahahah, muito bom Nivs! Adorei esse post. Ri muito e me emocionei lembrando dos gloriosos anos de CNA Teacher Awards…bons tempos né? =)

    bjão

    Reply
  • V.
    May 8, 2010 at 1:15 am

    Ah, não sou organizada assim, mas também não sou largada.

    Também trabalhei no CNA!! Em Taubaté!! ; )

    Bjs!

    Reply

Leave a Reply