Blog

A encomenda (parte II)

Minha irmã chegou ontem em Dublin e trouxe na bagagem todas as coisas que eu pedi: os esmaltes, os alicates de unha, as Melissas, as Havaianas, o álbum de casamento que eu ainda não tinha visto, os livros, os cremes da Natura e do O Boticário e as encomendas que as amigas fizeram.

Além do que eu pedi, a família também mandou presentes para mim, para I. e para E. Mas tudo isso era mais do que esperado.

Agora além do que foi pedido e do que era esperado vieram também várias pequenas coisinhas: pipoca doce (a do saquinho cor-de-rosa), doce de leite (durinho por fora e molinho por dentro), café (embrulhado à vácuo), e várias revistas (as de fofoca para olhar as fotos, a Veja para falar mal, a Caros Amigos para ler do início ao fim). Tudo embrulhado em papel de presente, individualmente, com o maior cuidado. Nas embalagens lia-se “saberes”, “sabores” ou “aromas”, dependendo do conteúdo.

E foram esses pequenos embrulhos que quase me fizeram chorar. Para saber porque eu preciso primeiro que você dê um pulinho no meu passado e leia esse post chamado A encomenda que eu escrevi há mais de um ano atrás.

Leu? Agora você tem que ler o recadinho que foi deixado para mim no Facebook:

Para Nivea Sorensen:

“A encomenda que você não recebeu”

A encomenda que você não recebeu em Julho do ano passado está chegando (pelo menos parte dela), as suas mãos, com um ano de atraso. Mas, já diz o ditado: “antes tarde do que nunca.”

O cheirinho de casa de mãe foi colocado, cuidadosamente, na embalagem à vácuo do café e que prazer, imagino eu, será ouvir o “ssshiiiiii” da embalagem sendo aberta e liberando um aroma que te trará boas lembranças.

Já em relação à pipoca doce quem liga se ela é tão artificial que pode causar câncer? E apesar de hoje existir, no mercado, uma infinita variedade de marcas e tipos (talvez até menos cancerígenos), a do pacotinho rosa continua, na minha opinião, imbatível.

O docinho de leite, aquele durinho por fora e molinho por dentro, não é para quando você estiver doente ou triste por que isso é coisa do passado. Hoje é para ser puro “deleite” (me perdoe o trocadilho!).

E as revistas de fofoca? Essas, você folheia e depois joga fora. Por que… bom, por que sim. Enfim, há quem goste (mas pelo jeito não é o seu caso. Nem o meu.) A Veja é fresquinha. Leia o que estamos lendo e publicando por aqui. A Caros Amigos fica por sua conta. Eu mesma não conhecia. Então, aproveite a leitura. Isto é, quando o Erik deixar.

Quanto aos DVDs, os livros, as fotos, os esmaltes e o alicate de cutícula da encomenda que você não recebeu, eu acredito que devem ter ficado por conta da Ana Maria da Costa.

E eu? Bom, eu só espero que você tenha gostado. E que os aromas, os sabores e os saberes possam te aproximar, pelo menos um pouquinho, daquilo que você deixou aqui e que se transformou ou em saudade ou em lembrança. E que seja doce…!

Agora se eu te contar que quem assina o recado é uma amiga da irmã que eu nunca nem vi, e que só me conhece através do blog, você entende a razão do choro?

V., queria agradecer a doçura mas nem de longe consigo. Obrigada mais do que tudo pela lembrança.

N.

20 Comments

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

Previous Post
August 3, 2011
Next Post
August 3, 2011

20 Comments

  • Manu

    Ah Nivea, me emocionei com o recadinho deixado no seu facebook.
    BOm, que agora vc pode matar a saudade e tbm ensinar seu bebê como essas coisinhas são maravilhosas [pipoca doce!!!]. Rsrs

    Curta a encomenda e sua irmã 🙂
    Beijos

  • Cintia

    Ah, fiquei toda arrepiada. Que fofo! Pipoca doce eh baaaaaooo!

  • Paula

    Nivea, nao pode fazer a gente se emocionar e encher os olhos de lagrima assim logo cedo. Carinho, essa é a palavra. Bom saber que existem pessoas que ainda conseguem tirar um tempinho do seu dia para pensar em outra pessoa e com um gesto simples faze-la sentir especial ! Que vc desfrute da sua encomenda!! Beijos

  • Veneranda

    N.,

    Eu não sei o que dizer. Eu simplesmente quis fazer isso. Por você. Por mim.
    Tão bom saber que, na maioria das vezes, um pequeno gesto faz toda a diferença. =)
    De mais a mais o que eu desejo é que nós, eu, você, e as pessoas de uma modo geral, nunca percam a capacidade de se colocar no lugar do outro…

    Bjo

  • Celi

    Que emocionante! De encher os olhos de lágrimas…Uma atitude e tanto. Difícil encontrar pessoas assim, que fazem um resgate, que nos enchem de alegria mesmo estando distantes.
    Adorei o presente! A gente sente falta de coisas tão simples, não é mesmo?
    Agora aproveite e desfrute de tudo isso. Sinta tudo que cada presente oferece para você. Busque na memória as boas lembranças! Viva e sorria!
    Beijos

    • Nivea Sorensen

      Verdade, Celi. São coisas pequenas, mas que fazem a diferença para quem, como a gente, mora longe de casa.
      Bjs

  • Fernanda Lima

    Algumas vezes eu simplesmente não consigo comentar o que sinto quando leio algum dos teus posts, porque não sei como colocar em palavras. Este me fez sentir assim. E justifica o fato de você estar entre as minhas escritoras (sim!) preferidas.

    um beijo!

    • Nivea Sorensen

      Fernanda,
      Muito obrigada pelo seu carinho também. E pelo exagero de me chamar de escritora!
      Bjs

  • Fernanda Lima

    *opa, alguNS dos teus posts eu quis dizer =)

  • Ursula

    Eu chorei…

  • BiLL

    Após ler o post e todos os comentários, posso dizer que entendo as lágrimas perfeitamente, talvez seja a mesma sensação que tive alguns meses atrás. Foi quando a escritora desse blog que amamos tanto me enviou um envelope com propagandas, posteres e até recortes de jornal que tinham as GIRLS ALOUD em destaque. É uma banda de pop que é pouquíssimo conhecida fora do pedaço que a N. mora atualmente, mas que tem alguns poucos fanáticos espalhados pelo mundo. Ela teve tanto trabalho, cuidado e carinho no presente que foi emocionante mesmo quando recebi. Muito obrigado mais uma vez pelo presente e por ser quem você é (mesmo quando você fala mal da Veja e bem da Caros Amigos ahahahahahah) 😉

  • Andréia

    Nivea, sempre passo por aqui mas nunca achei que algum comentário meu fosse necessário. Esse vem apenas para dizer que chorei lendo o seu post! Parabéns pelo Blog!

  • Ellen

    Olá N., td bem?
    Nas andanças diárias de internet encontrei este seu cantinho e gostei. Mais ainda pq este seu post me remeteu à minha família no Br e mimos que recebi esta semana. Paçoca quadrada, sonho de valsa e alicate de cutículas..ehehe, sempre ele!
    Bjinhos e até as próximas visitas, que serão frequentes.

Leave a Reply

Related Posts