Menu
Meu babóg

Erik the explorer

Meu babóg E. tem um xará famoso. Bom, pelo menos famoso à medida que alguem nascido no ano 950 pode ficar famoso (época muito difícil para as celebridades essa de antes do Big Brother, da revista Caras e das Boy Bands).

Além do primeiro nome (ambos escritos com K), eles têm em comum um sobrenome norueguês: o do meu babóg Sorensen, o do outro E. Thorvaldsson. Os dois também filhotes de viking e possuidores de uma vasta cabeleira vermelha (não à toa o outro E. ficou conhecido como Erik The Red).

O primeiro descobriu há muito tempo atrás a Groenlândia (daí a fama, viu?). Não é assim nenhuma América, mas melhor do que ficar famoso por ser BBB, né?

O segundo acaba de descobrir um mundo totalmente novo também. Um mundo nunca antes explorado. Um mundo com cantos desconhecidos, com muitos chinelos e sapatos nunca antes lambidos. Migalhas de comida em estado de decomposição nunca antes comidas. Cabos de computador nunca antes puxados, torcidos ou colocados na boca. Revistas ainda não rasgadas, livros nunca antes amassados por mãozinhas gorduchas.

Um mundo ao alcance de duas pernas.

Ele anda.

Assim, como se sempre tivesse sido bípede. Anda pelo apartamento explorando as novidades como se tivesse acabado de descobrir sua própria Groênlandia.

N.

About Author

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

36 Comments

  • Brunalemanha
    May 3, 2012 at 8:59 am

    MELDELS
    pensei que ele estava fazendo a dancinha do limbo!

    Que coisa mais linda, cheia de graça, é você foguinho que vem e que passa!!

    Quero mais 🙂

    Reply
  • Luciana
    May 3, 2012 at 9:04 am

    Ai q coisa mais gostosa, Nivea!!! Vai sambando!!

    O Uri ainda é preguiçoso, quer dizer, levanta, dá cada vez mais passinhos, mas desequilibra na sua dança do pato bêbado e cai, ai lembra q cair é pros fracos e se ele se dá tão bem engatinhando, por que não? E nessa ele vai o dia todo… engatinha, anda, engatinha…

    beijos e parabens pela “caminhada” do Erik. É lindo de ver!

    Reply
    • Nivea Sorensen
      May 4, 2012 at 10:26 am

      Obrigada, Luciana.
      Erik vinha ensaiando há tempos também. Quando eles engatinham muito bem demoram mesmo para andar, afinal para quê, né?
      Beijos

      Reply
  • Dani Cassar
    May 3, 2012 at 9:07 am

    Que delicia essa fase Ni, lindo demais!!!
    Agora ngm segura…rs
    Bjs

    Reply
  • Beta
    May 3, 2012 at 9:08 am

    Ahahahah! Delicia! O Felipe também andava com as maos pra cima, tao engraçado… a gente vivia rindo aqui vendo ele andar…

    Reply
  • Karen
    May 3, 2012 at 10:06 am

    Ai que coisa mais fofa!!! É um momento super especial mesmo, né? Só que sobra pras mamães que agora têm que correr ainda mais rápido atrás dos pequenos 🙂

    Reply
  • Celi
    May 3, 2012 at 10:30 am

    Adorei o post Nívea! Muito criativo. E essa descoberta… muuuuuito lindo! Agora ninguém segura mais…. Beijos

    Reply
  • Ingrid Gomes
    May 3, 2012 at 11:34 am

    Será que as mãos pra cima dão equilibrio, porque aqui tb começou assim hahaha.

    Ai, ai, agora ninguém segura, vai ser um tal de correr pra lá e pra cá, coisa linnnnnda!

    Beijocas

    Reply
  • Silvana
    May 3, 2012 at 12:15 pm

    LINDO!

    Reply
  • Daniela
    May 3, 2012 at 12:19 pm

    Essa descoberta dos nossos pequenos é simplesmente fantástica…. e a gente moooorrreee de orgulho, pq não dá para acreditar mesmo que aquele serzinho que veio de dentro de nós é um bípede que anda e daqui a pouco: fala!

    Incrível!

    Beijos!!

    Reply
  • Priscila M.S.Lima
    May 3, 2012 at 12:32 pm

    Parabéns Nívea, que lindo viu!!! Mais uma etapa na vida do seu babóg, deve dar muito orgulho pra mamãe, não é mesmo? Eu acho que as mãos pra cima ajudam no equilíbrio, rsrsrsr., Agora desejo muito mais energia pra vc, pois engatinhando ele já ultrapassava o “limite” de velocidade pra bebês fogo na fralda, então agora qual será o record a ser batido?rsrsrs Bjs.

    Reply
    • Nivea Sorensen
      May 4, 2012 at 10:31 am

      Espero que ele seja menos rápido do que em quatro patas, Priscila
      x

      Reply
  • Ludimila
    May 3, 2012 at 4:32 pm

    ahhhh eu sou babona mesmo … me emocionei… e o som da sua voz ,chamando ele “vem aqui, vem …” e ele todo se querendo ….vindo q nem sente…como diz vc , como se sempre tivesse sido assim … #chorei!

    Reply
  • Angela
    May 3, 2012 at 4:37 pm

    Esse menino está ficando cada vez mais lindo!

    Reply
  • Dayane
    May 3, 2012 at 4:50 pm

    Aaahh que lindooo!! Muito fofo esse andar cambaleante. Descobrindo um mundo novo mesmo, adorei as semelhanças dos Eriks heheh

    Reply
  • Camila Guerrero
    May 3, 2012 at 4:52 pm

    Lindo, como sempre <3

    E se prepare pra correr mto atras dele, Nivea… Se esse menino mal aprendeu a andar e ja ta nessa velocidade, imagina depois que pegar pratica… rs

    Bjs

    Reply
  • Fernanda
    May 3, 2012 at 5:56 pm

    Emocionei! Parábéns pra ele!!
    Além disso, os dois E. já alcançaram a fama internacional. Agora ele literalmente vai longe 😀

    Beijos!

    Reply
  • Fernanda
    May 3, 2012 at 5:59 pm

    *Parabéns, eu quis dizer.
    E confesso que morro de rir com os chinelos lambidos. ahahaha

    Reply
    • Nivea Sorensen
      May 4, 2012 at 10:33 am

      Fernanda, deve ser bom lamber chinelo. Não sei porque nunca experimentei, mas ele adora. x

      Reply
  • Cintia
    May 3, 2012 at 7:19 pm

    Aaaawwwwwwww, que coisa mais fofa, meu Deus. Sofia ainda nao anda, acredita? Uma preguica sem fim. Ta pertinho, eu acho. Mas nao tem a menor curiosidade. Uma pena, as vezes queria largar ela no chao e fazer alguma coisa, mas nao rola…

    Reply
  • ernani
    May 3, 2012 at 9:52 pm

    Que criaturinha mais engraçada!!! De novo: e pensar que eu o conheci quando ele era apenas barriga… É muita emoção pro tio!!!!
    bjos

    Reply
    • Nivea Sorensen
      May 4, 2012 at 10:34 am

      Obrigada, tio. Precisa vir aqui na ilha de cá nos fazer uma visita, né?
      x

      Reply

Leave a Reply