Menu
auto-cuidado

Diário de auto-cuidado #1

Estou olhando para essa página em branco tem bem uns 40 minutos, viu?

Queria escrever porque, olha, não estou sabendo lidar com esse tanto de coisa que eu ando sentindo e escrever sempre me ajudou com essa coisa aí de lidar com coisas que eu não sei os nomes.

Quer dizer, os nomes eu até sei. Minha terapeuta diz que eu sou muito boa em identificar sentimentos (eu amo ser muito boa). O que eu não sei mesmo é lidar com eles (e com coisas nas quais eu não sou boa).

E nem é só isso, não. Além das coisas que eu ando sentindo, tem as coisas que todo mundo aqui em casa anda sentindo, e que de um jeito ou de outro eu tenho que lidar também.

É gente demais, sentindo coisa demais, para mãe de menos.

Hoje não deu. Hoje eu larguei tudo e vim aqui sozinha para tentar entender primeiro o que eu estou sentindo e como eu vou lidar com isso de maneira saudável.

Ainda não descobri, mas pelo menos alguma coisa eu consegui escrever.

Já é um bom começo.

N.

* imagem retirada do Adobe Stock Images

About Author

39 anos; brasileira que mora na Irlanda; mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na bunda, de uma pimentinha de olhos grandes e curiosos e de uma caçulinha que é só sorrisos.

1 Comment

  • Liana
    July 16, 2020 at 8:10 am

    4 meses já, tá dificil! O que funcionava antes não funciona mais, ou nem tão bem. Hora de reinventar a roda, haja saúde e energia…. 🙁

    Reply

Leave a Reply